quinta-feira, 16 de julho de 2009

Escova, Toalha e Chinelos

Assim que encerrar a rotina de trabalho hoje, eu voo pra um lugar onde vou pernoitar.

Lá já sei encontrar uma recepção que não deixa nada a desejar.

Talvez comece a ler algum dos tantos livros que me interessa ler, principalmente se em compartilhamento. Há inclusive várias opções de língua, o que acho coisa excelente.

Tem um velho violão aposentado, teimoso como quê pra pegar afinação. Ontem ginastiquei bastante os dedos nele. Tem sempre aquelas boas vindas quer explícitas quer tácitas que me anfitrionam de um jeito pra lá de especial.

Tem projetos que demandam continuidade, prosseguimento, com prazo para o resto da vida (tomara que dê).

Lá não moro, mas namoro. E tenho tudo isso. Escova, toalha e chinelos.

26 comentários:

Chica disse...

E precisa mais? Que legal! Bom namoro por lá, bom violãozinho e tudo mais! um abração,chica

piccola marcia disse...

etc.
...
expressão de origem latina
mas aqui(!) também se aplica

etc. ... e tais
"e outras coisas mais"

Anônimo disse...

Unrelated, but I just wanted to wish you good luck on the Blog Awards thing. Show 'em how it's done. =) [Elton]

neo-orkuteiro disse...

Precisa mais não, Chica, tá perfeitinho.
De mais também eu nem garanto dar conta.
Abração

neo-orkuteiro disse...

Aqui, gastar o latim faz parte do show, né?
Talvez esteja na hora de escrever também um bloguinho em latim. Talvez, só pra inglês ver...
Fico por enquanto nos projetos cujo prazo é o resto da vida, prazo sempre indefinido que nem sabemos se dá pra ser prorrogado. Mas vontade de prorrogar, dá.
Beijos

neo-orkuteiro disse...

They'll surely know what it is about. I don't think I stand much of a chance of ever winning this time. There's no telling, but time will eventually tell.
Thank you for having come. I wish you resume your blogging.

Nanda Assis disse...

descansar é sempre bom.

bjosss...

neo-orkuteiro disse...

Quanto mais numa hora dessas, de canseiras beirando a estresse querendo chegar, Nanda.
Beijos

SAM disse...

Ehhhhhhhhh maravilha, João! A sua visita e saber de voce. Tudo de bom, amigo querido! Leve um agasalho * rsrsrss. Beijão!

neo-orkuteiro disse...

Com certeza, SAM. E o poema do Affonso faz muito mais sentido em determinadas condições. Obrigado, SAM.
Beijos

Tere Tavares disse...

Tamanho bem-querer é de querer bem e conservar; enquanto conversa houver, haverá. Beijo amigo. TT

neo-orkuteiro disse...

"...é de querer bem e conservar".

Percebo muita sabedoria neste seu aconselhamento, Terê, que evidentemente me disponho a observar.

Obrigado, beijos.

Salete Cardozo Cochinsky disse...

Já faz dia dos POST João
Mesmo assim desejo que tenhas e crie sempre que puder, tempo, espaço para fazer isso que todos necessitam para se abastecer.
Um abaço,

neo-orkuteiro disse...

Pois é, Salete.
Tempo, essa matéria prima tão rara hoje em dia.
Certas coisas acontecem a uma velocidade vertiginosa, mesmo. No mais, tudo bem, claro.
Aquele abraço!

Luiz Ramos disse...

Que vida!!
Muito bom.

neo-orkuteiro disse...

Pois é, Luiz.
Vê como funcionam certas coisas interblogs?
Sua visita retribuitiva é obviamente muito bem vinda. Volte quando quiser e queira mesmo. Seu lugar neste Bonde ficará reservado.
Forte abraço.

Rosemari disse...

Se tem escova, toalha e chinelos tem tudo o que precisa para tocar um bom violão.
Ah !João amigo Alves como é bom ler o que escreves.

bjs.

Chá das Cinco disse...

Eu não queria mais nada!!!!! rs
Adorei o teu blog portanto cá estou para ficar.
Aguardo a tua visita, espero que goste do Chá.

Um abraço

neo-orkuteiro disse...

E que bom é anfitrionar você cá no Bonde, Rose.
Bjs

neo-orkuteiro disse...

GÊ, obrigado por esta passagem. O Bonde andará à sua inteira disposição
Venha sempre que quiser e por favor queira mesmo.
Abração

Parapeito disse...

..e não esquecer de levar o protector solar...e os óculos de sol :)
Dias cheios de brisas mansas***

neo-orkuteiro disse...

Pra você ver, Maria.
Nem só de agruras faz-se esta vida. Ainda bem que não.
Grato.

Jac. disse...

Esse é um namoro bom...
Companhia que agrada, é a que
expõe o melhor de nós!

Retira da gente só o mel!

neo-orkuteiro disse...

É bem verdade, Jac.
Grato por visitar o Bonde.

Lais Castro disse...

Qunado é que vc vai voltar a esse lugar que parece tão acolhedor?!

neo-orkuteiro disse...

Volto sempre, Laís.
Aliás, já quase nem saio mais de lá.
Sou o "namorido" da minha maravilhosa anfitriã.
Obrigado pela visita e comentário.