quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Astral

O céu estrelado
merece um olhar
é fonte de agrado
só querer, terá

Procure grandeza
maior não verá.
Um mar de beleza
que à vista se dá

Apalpe o mistério
do céu, do infinito.
Tente, falo sério
nada mais bonito

Um céu estrelado
é tudo de bom
concerto tocado
em sublime tom

59 comentários:

zelia disse...

Gostei desse poema!!!
É tão difícil encontrar poetas que componham obedecendo a contagem de sílabas...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

ps. já tive um blog no globo...

neo-orkuteiro disse...

Ah, Zélia, que bom recebê-la.
Se seu blog no GO já não existe, é pena eu não tê-lo conhecido. Meu blog lá ainda é bem novinho, como este.
Tomei conhecimento de toda a sua atividade virtual. Impressionante. Parabéns.
Gosto de adotar alguma métrica, sim. Faço-o na maior parte dos casos. Invariavelmente, quando componho em língua alheia.
Beijos, luz e carinho retribuídos, Zélia.

Renata Rendeiro disse...

Para retribuir sua visita, vim ver como o bonde esta andando e encontrei esse belo poema, que me fez parar um pouco no meio da correria do dia a dia e lembrar da utlima vez que vi um ceu estrelado e como e maravilhoso.
Um beijo com carinho, Renata

neo-orkuteiro disse...

Beijo e carinho retribuídos, Renata. Obrigado.

Alice disse...

... Gostei !,, vc é bom de caneta,...ops.... digo, teclado !!


bjkass

neo-orkuteiro disse...

Beijocas retribuídas, Alice. Aprecio sua visita e apreciação. Muito agradecido. Em tempo, retribuirei.

Ana disse...

Olá!

Obrigada pela visita e pelo comentário no meu blog!

Vamos-nos encontrando pela blogosfera!

bjinho

neo-orkuteiro disse...

Obrigado por ter vindo, Ana. Estamos aí, blogosfera a dentro, blogosfera a fora. Beijinho retribuído.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu novo amigo, vc pode ir tranqüilamente ao meu Blog para apreciar o meu novo post, porque só há a crítica de um filme e alguns poemas, devido à joça desse computador. Conto com você.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

neo-orkuteiro disse...

Irei sim, minha nova amiga Renata. Ah, quanto tempo não vejo a palavra joça, eufemismo elegante para o que passaria péla minha cabeça em situação semelhante (palavra impublicável, no mínimo).

inbetween disse...

E se o céu estrelado se encontrasse também dentro de nós como se fosse em espelho do de lá de cima? O mundo seria melhor? Nós seríamos mais felizes? Todas estas interrogações se encontram escritas com estrelas, em céu estrelado! A resposta...bem, é o caminho que vamos percorrendo...

inbetween

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu amigo, estou deprimidíssima, porque há muitas pessoas na Blogosfera que não gostam de mim e não vêem a hora que lhes surja uma oportunidade para me pôr para fora daqui. Caluniam-me, inventam mil histórias.
Amigo, dê-me uma palavra, dê-me reconforto,
Renata

neo-orkuteiro disse...

Encantadoras as suas palavras no atual comentário, Inbetween. Encantadoras, nada menos.

neo-orkuteiro disse...

Renata, amigo é pra essas coisas, e eu sou seu amoigo, sim. Conte comigo. Estou dando uma passadinha por lá, já já. Abaixo toda depressão!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo:
Eu estava prestes a fechar o meu Blog por pressão de pessoas maledicentes, mas como recebi a solidariedade dos amigos,inclusive a sua, resolvi ficar e, de quebra, fiz novo post.
Apareça,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

neo-orkuteiro disse...

Nós vencemos, Renata.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu novo amigo:
Como me queriam expulsar da Blogosfera e recebi a solidariedade de muitos amigos, resolvi ficar e, de quebra, fiz um post especial. Aguardo você.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Acho que já lhe disse isso, não?

neo-orkuteiro disse...

Expulsar você, Renata? O maior prejuízo seria para a própria blogosfera. Um beijo.

São disse...

Gostei do poema ...e do tema!
Um abraço.

neo-orkuteiro disse...

Abraço, São. Grato por ter vindo e comentado.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu mais novo amigo:
Como muitos me incentivaram a não fechar o Blog, então fico, não sei até quando. O post que fiz hj é ainda maior do que de costume porque no fim o enchi de flores. Que cada qual pegue a sua e a leve de lembrança.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

neo-orkuteiro disse...

Peguei a minha e trouxe de lembrança, Renata. Valeu.

GMV disse...

Vim retribuir a gentileza das suas palavras. Li um pouco do seu blogue. Vou voltar. Adoro poesia... e também sou fumadora!
Bom fim-de-semana.

Estella Maris disse...

Obrigada pela visita, tb adorei sua poesia, vamos contemplar o que temos de bonito porque olhar só para o ruim, temos a opção de escolher não é!

neo-orkuteiro disse...

Obrigado por ter vindo, GMV. Espero revê-la aqui. De certeza estarei outras vezes lá no seu artístico e educativo blog.

neo-orkuteiro disse...

Coberta de razão você está, Estella. Obrigado. Vamos, sim.

JJ - disse...

SALUDOS
UN PLACER CONOCER TU BLOG. GRACIAS POR TUS PALABRAS.
UN ABRAZO DESDE VENEZUELA.

neo-orkuteiro disse...

Gracias por venir acá y dejar su comentario, JJ. Abrazo desde Brasil.

Faniquito disse...

Olá!
Adorei seu blog,muito bacana,me diverti com seu perfil...rs.Temos coisas em comum: tb sou fumante, sedentária,totalmente apolítica,quase cincoentona ...rs.
Obrigada pela sua visita, bem no dia de minha inauguração e tb pelo presente que me deu ao comentar.Ahh...mais uma coisinha, vc "cantou" uma musiquinha que me recordou meus pais já falecidos.Ele sempre cantava isso qdo via minha mãe entretida com seus trabalhos manuais.Me emocionou.
Beijos
Ana

neo-orkuteiro disse...

Faniquito, é um prazer recebê-la aqui. Volte quando quiser, que sempre será bem vinda. Também revisitarei seu blog, de certeza.

mundo azul disse...

Passei para deixar um beijo e desejar um bom final de semana!
Eu sou a Zelia, meu amigo...

Menina do Rio disse...

Gosto do astral! Inda mais com um céu estrelado sugerindo mistérios. Por falar em mistério, ontem vi uma linda lua/nua/lá de minha rua...

Estou meio fora da net por uns dias mas tinha que vir aqui te dar um beijo.

Mónica...Cine Cuentos. disse...

Olá!!! Bello poema, me gustó mucho. espero que sepas español.

Y... me gustó conocer tu blog, espero que nos visitemos ¿si?

Beijos..

Bsss.

neo-orkuteiro disse...

Zélia, claro que a reconheço de outros espaços virtuais, mas chamo-a Mundo Azul para usar o nome com o qual você aqui me visita, questão de coerência e discrição, suponho. Você me manda beijos de luz que recebo, aprecio e retribuo sempre, não é. Pois agora um segredinho meio supersticioso meu, bobagem mas vá lá: acho que seus beijos e sua luz me têm trazido alguma boa sorte. Sinto várias mudanças de ventos a se anunciarem em todos os sentidos e todas para melhor.

neo-orkuteiro disse...

Que bom, Menina, que você veio. Que gostoso seu beijo virtual é!
Adoro recebê-la aqui e só receio não ser tão bom anfitrião quanto suponho que você merece.

neo-orkuteiro disse...

Besitos a ti, Mónica.
Tengo ganas de recibirte muchas veces en este blog. Tenga por seguro que visitaré tu blog muchas vezes, también, hasta siempre.
Una buena nueva amistad virtual nace ahora entre nosotros. Vamos a cultivarla, cierto? Para nuestra propia alegría.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Por motivos horríveis que não pude contornar, fui obrigada a fazer um post cala-boca. Pegue suas flores, não é preciso ler tudo.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

paulinhaonline disse...

Olá! Vi teu blog linkado no da minha mãe (faniquito) e gostei muito de teus textos e postagens.. :)

Te adicionei, tá?
Beijos, ótima semana!
(aliás, gostei do penúltimo post, em italiano. eu fazia aula, é lindo este idioma!)

Paulinha

neo-orkuteiro disse...

Tomei conhecimento agora, com atraso, de seu post, Renata. Vou lá, mais tarde, pegar minhas flores, claro. Até logo, e sucesso!

neo-orkuteiro disse...

Paulinhaonliune, obrigado por adicionar-me, que bom que você gostou do blog. Abraço brasileiro a você, extensivo a Faniquito. Uma família de amigos virtuais ultramarinos. Estamos aí. Devo-lhe visita e comentário, estou ciente.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu mais recente amigo, ontem lhe escrevi aos prantos, pois preciso da sua solidariedade. Tive que fazer um post novo, com tudo diferente e com um filme substancioso, que pode ser analisado. Vamos dizer que armaram contra mim, mas só o post não resolve. Preciso da ajuda dos amigos. Então, peço-lhe que vá ao meu Blog, aprecie o que quiser no meu post e não se esqueça de pegar suas flores e de deixar um comentário. Conto com vc e acho que mereço isso da sua parte, pois foi vc quem me achou e me elogiou.
Um abraço,
Renata Cordeiro
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

neo-orkuteiro disse...

Já fui lá, Renata. Achei uma maravilha, o post. Claro que você merece todos os meus sinceros elogios.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo;
São 3 horas da manhã. Mas como as coisas se acalmaram, fiz um post sobre um filme que todo mundo no mundo já viu e sempre vê de novo. Tirei aquele monte de flores e só deixei as do João. Esta postagem dá para ser bem apreciada.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

neo-orkuteiro disse...

Um abraço, Renata. Que bom saber da bonança após tudo o que houve. Que bom saber que seu blog agora está a todo vapor. E que intensa sua atividade! Parabéns!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

E o seu poema continua firme, inabalável. Mas isso ocorre porque só tem méritos.
Meu amigo, que me encontrou, fiz um post menor, mais leve, pois passou o vendaval, e mais fácil de baixar. Gostaria que vc o apreciasse e deixasse a sua opinião.
Um beijo,

wwwrenatacordeiro.blogspot.com

Parapeito disse...

Belo este Astral...
Que no céu continuem sempre a brilhar as estrelas.

***

neo-orkuteiro disse...

Obrigado, Renata, pela visita, que já retribuí.

neo-orkuteiro disse...

Obrigado, Parapeito.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo:
É aniversário da Bruninha, minha sobrinha e afilhada, ela faz 11 anos, mas não terá festa, pois o seu pai, meu irmão, teve um infarto e está hospitalizado. Venha para a sua festa. Há de comer e de beber também para adultos.
Bjs,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

neo-orkuteiro disse...

Renata, parabéns para a sua sobrinha e pronto restabelecimento para seu irmão. Irei mais tarde lá no seu blog.

Nadezhda disse...

O céu sempre me conquista!

(E descobri que minah mente está em todos os lugares).

;)

neo-orkuteiro disse...

Sabe, Nadezhda, na posição que você está na foto, suponho-a pessoa original, e no teor de suas palavras neste comentário, pessoa carinhosa. Com toda a apreciação, meus agradecimentos por visita e comentário. Querendo, volte sempre, e seja sempre bem vinda. Ao seu blog eu sei que vou voltar, também.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Venha apreciar meu novo post, amigo, pois é fruto de muito sofrimento. O meu irmão está quase desenganado pelos médicos.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

neo-orkuteiro disse...

Parabéns, Renata. Já tomei conhecimento do post, que está ótimo, como os demais.

Hermínia Nadais disse...

òi! Que poema tão lindo!
Beijo

neo-orkuteiro disse...

Oi, Hermínia. Que bom revê-la por aqui. Obrigado por visita e comentário. Beijo.

Azoth Diamante* azul disse...

Alma de poeta coração de menino. Geralmente é assim


Tudo de bom

Azoth Diamante* azul disse...

´Dá uma olhadinha na folha do perfil e corrige

Só quero ajudar ( não publique)

Clássico clássicos

neo-orkuteiro disse...

Obrigado, Azoth. Agradeço-lhe igualmente pela visita, pelo comentário e pelo alerta para o cochilo meu, que repararei, sim. Seja sempre bem vindo aqui, volte quando queira.
Ah, já fui conhecer seu blog e já comentei um post seu. Gostei, viu? Um abraço.