sexta-feira, 7 de novembro de 2008

VISITA

Você bateu na porta. Professora!
Que aparição bem-vinda, em cor-de-rosa!
Tão saborosamente inspiradora
Toda aprovada frente, verso e prosa

Claro, viria de qualquer maneira
Depois da análise, maravilhosa
Tão saborosamente prazenteira
Saboreei-a frente, verso e prosa

Nunca tocara pra quem ouve mesmo
Você me ouviu calada, atenciosa
Foi saboroso não tocar a esmo
Depois tocá-la frente, verso e prosa

Nem me lembrei, ficou na geladeira
O sorvetinho que você mais goza
Também pudera, nessa quinta-feira
Com minha posse doce e carinhosa

Até no ouvir você foi novidade
Que revelou-se, assim, bem preciosa
Sonhos são sonhos, e a realidade
É inspiradoramente saborosa.

22 comentários:

JOICE WORM disse...

Haha... Que poeminha mais legal, Neo. Achei super discontraído.
Bem haja!

neo-orkuteiro disse...

Que bom receber você, Joice. Visita é bem ao jeito de meus momentos poéticos de maior descontração.

Rosemari disse...

neo orkuteiro
Um VISITA tão importante como essa mereceu versos a partir da prosa que ´pelo visto foi muito boa.
Um momento d e descontração que se tornou ´pura magia em versos.
PARABÉNS!

Rose

neo-orkuteiro disse...

Pois é Rosemari. Importante visita, boa prosa, certo. Via de regra, em ocasiões tais, o verso vem-me espontâneo, em conseqüencia. Sua percepção é perfeita. Como sempre. Muito obrigado.

Tentativas Poemáticas disse...

"Saboreei-a frente verso e prosa". Também saboreei este momento de leitura.
Bom fim-de-semana, amigo.
Um grande abraço.
António

neo-orkuteiro disse...

Obrigado, António. Devo visita a seu blog, bem sei. Ando "apertado" de tempo livre. Quero voltar lá para ler e comentar, mas com calma.

Betinha disse...

Laughter is the best medicine, isn't it?
Com certeza.
Abraço.

neo-orkuteiro disse...

Claro, Betinha. Que doçura é receber e retribuir-lhe este abraço virtual tão bem vindo, de terras mineiras, terras e povo conheço bem e que amo. Ah, o café com aquele queijinho branco, quase sempre de produção artesanal! o café de torrefação caseira no fogo de lenha, então, é de levar o gosto na memória por muito tempo.

Estella Maris disse...

te linkei, tudo bem?

Felícia P. disse...

Não sei como cheguei aqui, provavelmente no bonde da curiosidade, à procura de verso e prosa. E cheguei feliz! Adoro encontrar lugares interessantes e inspiradores. Eu sou toda prosa. Veja eu, me veja. Um abraço.

neo-orkuteiro disse...

Claro, Estrela do Mar. Você será sempre bem vinda a este espaço virtual. Esteja sempre à vontade aqui, pois meu Bonde também é seu. Boas viagens, nele. Farei também uma visita ao seu blog, em breve.

neo-orkuteiro disse...

Felícia, só posso agradecer suas andanças virtuais e sua curiosidade já que elas trouxeram você ao meu Bonde, que como você considerou um lugar interessante e inspirador, será todo seu também, e estará sempre às suas ordens para quantos passeios nele você queira dar, está bem?

Círculo Literário disse...

O Circulo Literário vem agradecer sua visita. E contemplar o seu excelente blog!
Temos também um convite: Sta Barbara estará recebendo um Grande Escritor Contemporâneo , entre no nosso blog e adquira maiores informações sobre este novo Talento Brasileiro!!
Abraço!!

neo-orkuteiro disse...

Esteri sempre porcurando participar e prestigiar todas as iniciativa de cunho cultural que me cheguem ao conhecimento, de certeza. Que SAnta Bárbara mostre mesmo a que vem

Felícia P. disse...

Já passeei por aqui de novo. Reli. Mas é de uma malícia deliciosa esse seu poema, hein?

neo-orkuteiro disse...

Você, Felícia, que é Toda Prosa, interpreta-me muito bem o subjetivo do "verso", como aliás tudo o que faz, presumo, pelo lido em seu blog que para mim foi um feliz achado, pelo prazer que foi conhecê-lo.

Julie... disse...

Tô de passada pelo seu blog e adorei...
Não sei se se lembra mas há algum tempo tive o prazer da sua visita. Lá está tudo um pouco mudado mas você é muito bem vindo..
bjO

mundo azul disse...

Que delicia o seu poema!
É ritmado, musical...Gostei!


Beijos de luz e um dia feliz!!!

neo-orkuteiro disse...

Julie, obrigado pela vinda aqui. Gostei do que vi de mudanças no seu blog. "sex, drinks and rock'n roll", que sutil.

neo-orkuteiro disse...

Zélia, agradeço a você por vir, por ler e por gostar. Eu já estava sentia aquela saudadinha "da boa". Igualmente, beijos luz e um dia muito feliz pra você.

Edson Basilio disse...

Retribuindo a visita e aproveitando para dizer que gostei muito desse poema, adoro brincadeiras com palavras, lê-las ou escrevê-las.
Gostei tanto do seu blog que adicionei um link dele no meu.
Abraço!

neo-orkuteiro disse...

Agradeço-lhe, Edson, a retribuição, o ter gostado e lincado.